Tendências nos hábitos alimentares saudáveis em 2019

Tendências nos hábitos alimentares saudáveis em 2019

Nesse novo ano com certeza surgirão novas tendências na forma em que as pessoas consomem alimentos. No topo da lista de inovação disruptiva esperada para 2019 estão os alimentos locais. Essa é a projeção do relatório U.S. Food Market Outlook, da Packaged Facts.

O relatório classificou os alimentos locais como a evolução da compra orgânica. O conceito é que aquele alimento cultivado localmente, especialmente vegetais, são mais frescos devido à sua proximidade de onde são vendidos. Embora o relatório se concentre especificamente na inovação da produção local de frutas e verduras em estufas, o impacto sobre os laticínios pode ser bem observado no movimento ‘farm-to-table’ (da fazenda à mesa) e na expansão do processamento nas fazendas.

A segunda inovação disruptiva prevista pelo relatório foi um interesse em maior autenticidade na alimentação, que impulsionará ainda mais a inovação. Isso representa que os consumidores estão buscando refeições com ‘qualidade de restaurante’ e que podem ser servidas em casa. O relatório indicou a importância deste fator, especialmente no campo das refeições congeladas e com a facilidade de serem preparadas no micro-ondas.

IMPACTOS NO MERCADO DE SORVETES

Novas empresas de alimentos também estão preparadas para revolucionar os mercados de alimentos no próximo ano. O relatório destacou o mercado de sorvetes, enfatizando o movimento da marca de sorvetes Halo Top nos últimos anos. Seu produto levou concorrentes como Ben & Jerry’s e Breyers a lançar produtos com proteínas, baixas calorias e menos açúcar. A ênfase da Halo Top no “sorvete saudável” deve ser de grande preocupação para os produtores de laticínios, já que um terço dos seus sabores anunciados não contêm produtos lácteos.

O último fator alimentar disruptivo delineado no relatório da Packaged Facts foi a mudança no foco cultural para melhorar a saúde intestinal. Isso traz uma boa notícia para os produtores de leite, pois o consumo de produtos lácteos como o iogurte e o kefir, que são dois dos mais populares produtos alimentícios que são saudáveis para o intestino, aumenta. Tendências populares de alimentos como kombucha (chá fermentado) e kimchi (vegetais fermentados) certamente também atrairão consumidores interessados em melhorar sua saúde intestinal.

Embora a ‘bola de cristal’ nunca seja clara, os laticínios podem comemorar e manter um olho atento sobre esses disrupções previstas para 2019.

As informações são da Hoard’s Dairyman, traduzidas e adaptadas pela Equipe MilkPoint.

https://www.milkpoint.com.br

A Max Consulting conta com a mais completa linha de serviços par a implantação de sistema em segurança de alimentos do Norte e Nordeste do Brasil. Certificação ISO 22000, certificação FSSC 22000, APPCC,  certificação BRC, FSMA e sistema FOOD SAFETY. Auditorias internas, assessoria e consultoria de implantação e tratamentos de não conformidades, treinamentos de equipes (in company e via EAD).


Visando divulgar a real necessidade dos atuais requisitos da ISO 9001, versão 2015 e transmitir a experiência prática vivenciada em diversos projetos bem sucedidos de atualização e certificação, a MAX CONSULTING lança o curso online completo sobre o tem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ZAP MAX