• Equipe Max Consulting

10 “turbinas” para o seu Planejamento.

Atualizado: Jan 17

Se você entende a importância do Planejar e decidiu fazer na sua empresa, conheça  as 10 turbinas para usar na elaboração e execução do seu planejamento.



PARTICIPAÇÃO DA ALTA DIREÇÃO:

A alta direção da empresa deve ser o maior e principal motivador do Planejamento. Sem o envolvimento e participação direta e intensa da alta direção, esqueça o planejamento até que esta realidade mude totalmente.


CAPACITAÇÃO DOS PARTICIPANTES:

Quanto mais conhecimento sobre planejamento, mais e melhores contribuições serão oferecidas por quem foi chamado a elaborar o plano. Saber o que é o planejamento, possibilita mais engajamento e melhor participação.


SEQUÊNCIA CLARA E LÓGICA NA CONSTRUÇÃO DO PLANO:

O grupo gestor corre o risco de ser perder durante a elaboração do Planejamento, se as atividades que dão formato ao conhecimento gerado nas reuniões (missão, visão , valores, análise de ambiente, swot) não se alinham entre si e não se construa um resultado coerente nos objetivos e estratégias adequadas à empresa.


BOA COMUNICAÇÃO ENTRE OS PARTICIPANTES:

O planejamento tem este objetivo antes durante e após a sua conclusão. Pomover um bom diálogo e o compartilhamento de informações é condição indispensável ao sucesso. Portanto, atenção no agendamento e divulgação das reuniões, na troca de conteúdos, na clareza do que é solicitado individualmente e coletivamente. Ou seja, tudo que fortaleça a clareza e qualidade da comunicação entre os participantes deve ser bem conduzido.


PARTICIPAÇÃO EFETIVA DE TODOS OS ENVOLVIDOS NO PLANEJAMENTO:

O conteúdo do planejamento será formado pelo conhecimento trazido de cada gestor, seja com o seu conhecimento da sua área e setor, seja com as pesquisas que ele foi incentivado fazer por conta do planejamento, seja pelo resultado das interações durante as discussões em grupo. Não há espaço nem justificativa para qualquer membro do grupo gestor estar somente “de corpo presente” nas reuniões. O gestor que não dedicar um bom nível de participação, deve ser alertado ou convidado a ser retirar. Ou ele não entendeu o propósito do trabalho e da sua responsabilidade ou não merece estar no lugar que ocupa.


BOA CONDUÇÃO NA ELABORAÇÃO E EXECUÇÃO DO PLANO:

Como toda atividade séria e complexa, o planejamento deve seguir uma ordenação de condução, ou seja, deve ter pessoas à frente do processo de agendar e coordenar reuniões, providenciar os recursos materiais necessários e acompanhar os resultados do que foi produzido pelo grupo. Devem ser escolhidas pessoas do grupo gestor ou contratada uma consultoria especializada.


ATENÇÃO NA DEFINIÇÃO DOS OBJETIVOS:

Quanto mais madura for a empresa em Planejar , mais objetivos ela pode ter definidos. Porém, é recomendável que toda empresa tenha clareza e simplicidade nas suas escolhas como forma de fortalecer a sua capacidade de gestão e realização. Em geral recomenda-se que os objetivos devam ser ou ter 5 características: Específicos, Mensuráveis, Ambiciosos, Realistas e Temporais.


CONSTANTE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DAS METAS E PROJETOS:

Um grande erro cometido pela alta direção da empresa é permitir que o não atingimento da meta fique sem a devida avaliação. Se não houver a análise do mal resultado, é preferível não conduzir o planejamento. A força do planejamento é a boa avaliação.


REUNIÕES FREQUENTES DOS GESTORES:

Semanais, para ações específicas dos projetos; Mensais, para apresentação dos resultados gerais das metas para todo o grupo gestor; Trimestrais, para avaliação ampla dos projetos.

 

HONRAR E PRESERVAR AO MÁXIMO OS COMPROMISSOS E METAS ASSUMIDOS PELO GRUPO:

Alterações de rumos e metas são permitidas, porém devem ser aplicadas como última alternativa.


0 visualização

© 2005 - 2020 by Max Consulting

  • Instagram ícone social
  • Preto Ícone YouTube
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
whatsapp.png